MyGames Zon

Nos dias 5, 6 e 7 de Setembro vai realizar-se o “maior evento de videojogos e entretenimento digital do país”. Jogos, computadores, consolas, tecnologia, música! Tudo junto naquela que “pretende ser a maior mostra do sector a nível nacional”. Vão decorrer vários torneios, conferências, a final nacional do World Cyber Games e a antevisão europeia do Gears of War 2.

Centro de Congressos do Estoril – 5, 6 e 7 de Setembro – Entrada Livre

Mais info: http://xbox360.servegame.com/ ou http://zon.mygames.pt/

.NET Reflector na Red Gate

Lutz Roeder anunciou há uns dias atrás que a sua famosa tool para “ver” assemblies .NET vai passar para a Red Gate. De acordo com as suas declarações e com o site da empresa continuará a existir uma versão livre para toda a comunidade. A empresa tem já outras ferramentas para a plataforma e promete desenvolver novas funcionalidades que tornem o reflector ainda mais útil. Até criaram um fórum para a comunidade dar feedback para novas features.

Visual Studio 2008 & .NET 3.5 SP1

Estão disponíveis desde 2ª feira os tão esperados SP1 para o VS2008 e para o .NET 3.5. E as novidades valem a pena! Algumas das que mais me chamaram a atenção foram:

No VS SP1:

  • Designer do WPF melhorado –  para alguém que não é designer, como eu, uma ferramenta menos “pro” que o blend (por exemplo) chega bem. Mas o anterior conseguia ser muito chato!
  • Suporte para SQL Server 2008.
  • Designer para ADO.NET Entity Framework.
  • No VS Team System: suporte para ficheiros no controlo de versões que não estejam incluídos numa solução; intergração de email nos working items; melhoria de desempenho noc check-ins de maiores dimensões.

No .NET 3.5 SP1:

  • Melhoria no desempenho de arranque de aplicações WPF! Anunciam melhorias de 20 a 45%! Nos últimos tempos tenho trabalho com WPF no projecto final e uma das coisas que reparei foi precisamente a lentidão do arranque “a frio”. Tenho de comprovar estas melhorias 🙂
  • Melhorias de desempenho nas componentes “media”: texto, imagens, efeitos. Alguns efeitos que eram forçados por software são agora implementados por hardware acceleration.
  • ADO.NET Entity Framework: eleva ainda mais o nível de abstração no tratamento de dados, utilizando LINQ to Entities para realizar queries.
  • ADO.NET Data Services (Astoria Services): serviços REST-oriented que expõem dados na web. As queries são feitas sobre http com uma sintaxe própria no URI. (Na altura do TechDays falei sobre isto num post).

Podem ver aqui uma descrição um pouco mais detalhada destas releases. A aposta no WPF agradou-me e mostra que, apesar do Silverlight, a MS continuam a apostar nas aplicações desktop rich-client. De resto, as novidades a nível da framework já andavam na ribalta há uns tempos. Foi apenas a inclusão natural e necessária das novas funcionalidades na plataforma. E claro, há sempre bugs corrigidos e outras melhorias menos evidentes. Mantenham-se actualizados! Downloads aqui.